CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil recupera parte do valor subtraído de vítima de estelionato por meio da internet

Publicado em

POLÍCIA

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio de ação da Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) em apoio à Delegacia de Polícia de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), recuperou mais de R$ 7,9 mil subtraídos de uma vítima de estelionato.

As diligências iniciaram na tarde de segunda-feira (09.05), logo depois que a vítima de 60 anos e moradora do bairro Residencial Ipiranga, procurou à Polícia Civil do município de Sinop para registrar a ocorrência.

O comunicante informou que estava em casa acessando a internet, quando viu através da rede social um anúncio de venda de uma caminhonete, modelo D20. Interessado na compra do veículo, a vítima entrou em contato com o suspeito.

Após conversa e acordo de valores, a vítima foi até o verdadeiro proprietário da D20 de cor vermelha para verificar as condições da camionete. Na ocasião, ambos (vítima e proprietário) não conversaram sobre os detalhes da negociação.

Então a vítima efetuou a transferência bancária de R$ 25 mil para a conta indicada pelo golpista. Porém o dono da camionete informou que não tinha conhecimento da negociação com o suspeito, bem como afirmou que nenhum dinheiro havia sido debitado em sua conta.

Leia Também:  PM prende quadrilha por receptação e recupera carga com 1,6 mil toneladas de produtos agrícolas

Foi quanto a vítima percebeu que tinha caído em uma golpe de estelionato, e procurou a Delegacia de Sinop que solicitou apoio da DRCI nas investigações.

Diante dos fatos a DRCI em parceira com o Setor de Antifraude do banco, realizaram o bloqueio bancário de parte do valor subtraído da vítima.

As diligências continuam visando identificar e prender o autor do crime.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Leia Também:  PM prende quadrilha por receptação e recupera carga com 1,6 mil toneladas de produtos agrícolas

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA