CUIABÁ

POLÍTICA

Escolas recebem aparelhos de ar-condicionado através de emenda do deputado João Batista

Publicado em

POLÍTICA

“Firmamos essa parceria com o vereador Lourival, que nos visitou e fez a solicitação por meio de ofícios, ressaltando as necessidades da comunidade escolar da região”, explicou o parlamentar

Foto: Marcos Lopes

As escolas estaduais Maria Quitéria, Mário de Andrade e Paulo Freire, em Castanheira (776 quilômetros de Cuiabá), foram contempladas com o total de 33 aparelhos de ar-condicionado, para garantir melhorias estruturais a alunos e profissionais da educação do município. Os equipamentos foram adquiridos por meio de emenda de autoria do deputado estadual João Batista do Sindspen (PP). Conforme explicou João Batista, o pedido partiu de uma solicitação formalizada pelo vereador Professor Lourival (PSD), em visita ao gabinete do parlamentar, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), em 2021.

“Firmamos essa parceria com o vereador Lourival, que nos visitou e fez a solicitação por meio de ofícios, ressaltando as necessidades da comunidade escolar da região. Realizamos as tratativas com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), e destinamos o recurso que resultou na compra de 33 aparelhos para o município de Castanheira, sendo 19 destinados à Escola  Estadual Paulo Freire, 11 enviados à Escola Estadual Mário de Andrade e três unidades para a Escola Estadual Maria Quitéria. Esperamos que esses equipamentos proporcionem bem-estar aos alunos e funcionários, auxiliando também nas atividades desenvolvidas. Seguimos trabalhando por resultados”, disse o deputado.

Leia Também:  Deputado Claudinei discute demandas dos caminhoneiros de MT

Para o vereador Professor Lourival, as aquisições “chegaram em boa hora”, garantindo o conforto e a comodidade dos docentes e discentes.

“Primeiramente, gostaria de agradecer o deputado João Batista, que atendeu prontamente o nosso pleito e se empenhou em todos os encaminhamentos. Esses ares-condicionados serão de grande valia para o desempenho nos estudos dos nossos alunos. O ambiente escolar influencia diretamente no humor, na concentração e até mesmo na saúde dos estudantes, tendo em vista que eles passam grande parte do seu dia dentro das salas de aula. Enfim, os benefícios são inúmeros, posso citar ainda, a redução da evasão escolar, tornando o momento de estudo muito mais prazeroso”, concluiu o vereador Lourival.

INVESTIMENTOS: Ao todo, o deputado João Batista já destinou 165 aparelhos de ar-condicionado, adquiridos com recursos de emendas parlamentares, que foram encaminhados aos municípios do interior do estado. Entre as cidades contempladas com os equipamentos estão: Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Castanheira, Guiratinga, Juscimeira, Rondonópolis, Barão de Melgaço e Santo Antônio de Leverger.

Leia Também:  Semana Pedagógica prepara profissionais de escolas integrais de Cuiabá e Rondonópolis
Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

CCJR analisa 27 propostas em reunião ordinária

Publicados

em

Também recebeu parecer favorável da comissão o Projeto de Lei nº 595/2022, sobre tratamento, em aterros sanitários, dos líquidos produzidos pelo lixo

Foto: Helder Faria

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) analisou 27 matérias durante reunião ordinária realizada na tarde desta terça-feira (5). Entre as 16 proposituras que receberam parecer favorável do colegiado está o Projeto de Lei nº 591/2022 , que cria a Coordenadoria de Proteção contra Incêndio e Pânico da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

“Com a efetivação do Corpo de Bombeiros na Casa, nós vamos retomar o treinamento feito com os servidores. A Assembleia tem um público flutuante de duas mil pessoas por dia e é importante que os servidores e visitantes tenham segurança para circular. Numa situação de sinistro, todos devem saber como agir para minimizar os danos que possam ocorrer. Então a Assembleia e o público ganham com essa presença do CBM”, explicou o capitão BM Janisley Teodoro Silva.

Também recebeu parecer favorável da comissão o Projeto de Lei nº 595/2022, sobre tratamento, em aterros sanitários, dos líquidos produzidos pelo lixo. “Por lixiviado entende-se, para efeito desta Lei, o líquido resultante da infiltração de águas pluviais no maciço de resíduos, da umidade dos resíduos e da água de constituição de resíduos orgânicos liberados durante sua decomposição no corpo do aterro sanitário”, diz trecho da proposta. O texto pretende obrigar aterros a drenar e tratar adequadamente o lixiviado. O prazo para adaptação à regra seria de dois anos.

Leia Também:  Ulysses Moraes indica pavimentação da Rodovia MT-109 entre Espigão do Leste a Canabrava do Norte

Foram alvo de pedido de vista os PLs nº 1295/2019 e 421/2021. O primeiro visa proibir a cobrança de taxa de conveniência na venda de ingressos pela internet, enquanto a outra proposição pretende obrigar mercados e estabelecimentos similares a acomodarem, num mesmo local, produtos alimentícios elaborados sem adição de açúcar, glúten, lactose ou sem origem animal. A finalidade é facilitar a localização de produtos por pessoas que possuam doença celíaca, diabetes, sejam intolerantes à lactose ou vegetarianos. 

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA