CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil incinera aproximadamente 200 quilos de drogas apreendidas em Barra do Garças

Publicado em

POLÍCIA

Aproximadamente 200 quilos de entorpecentes apreendidos em ações das Forças de Segurança em Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) foram incinerados pela Polícia Civil, na sexta-feira (13.05). A queima da droga ocorreu em local adequado, em fornos que operam com altas temperaturas.

No montante de drogas estão maconha e pasta base de cocaína apreendidas em vários procedimentos policiais instaurados pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Garças, relacionados aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e uso de entorpecentes.

O resultado da ação representa a atuação das forças de segurança local na repressão ao tráfico drogas, desestruturando esse tipo de crime na região. Os trabalhos para a realização da destruição de drogas demandam um grande aparato de segurança e de procedimentos, eis que seguem rigoroso rito previsto em Lei, tratando-se de ato próprio de Polícia Judiciária.

A queima da droga contou com apoio e atuação da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec), que realizou a conferência das drogas periciadas e autorizadas para incineração e também da Vigilância Sanitária Municipal que atuou na fiscalização do processo de incineração.

Leia Também:  Polícia Civil apreende carregamento de soja com suspeita de adulteração
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil prende em flagrante homem por divulgar vídeo íntimo de ex-companheira

Publicados

em

A Polícia Civil, por meio do Plantão de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá, prendeu um homem em flagrante, na noite de segunda-feira (23.05), por divulgar na internet e sem consentimento da ex-mulher, um vídeo íntimo do casal.

As diligências iniciaram logo após o registro da ocorrência. A vítima contou que foi conviveu com o suspeito por cinco anos e ambos possuem uma filha de três anos. No entanto, o ex-companheiro havia acabado de divulgar através de aplicativo de mensagens, um vídeo com cenas de sexo do casal.

Diante dos fatos e da prova material, os policiais civis coordenados pelo delegado Vinícius de Assis Nazário, conseguiram localizar o suspeito que foi encaminhado até o Plantão de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá.

Ao ser ouvido o conduzido de 37 anos assumiu que havia enviado o vídeo para um amigo, pois acredita o mesmo está se relacionando com a ex-mulher.

Conforme o delegado Vinícius de Assis Nazário, com base no interrogatório do suspeito ficou inequívoco que ele agiu deliberadamente, com a vontade livre e consciente de divulgar o vídeo com a intenção de humilhar a ex-convivente e se vingar pelo fim do relacionamento amoroso.

Leia Também:  Mandante e executores de homicídio de idoso investigado pela Polícia Civil são condenados a 20 anos de prisão

“Essa conduta é considerada vingança pornográfica (revenge porn), que consiste na divulgação, por um dos parceiros da relação sexual ou por terceiro, de imagem ou vídeo com natureza sexual, com a intenção de se vingar do outro indivíduo por ciúmes, rejeição ou outro motivo, o que é considerado crime previsto no art. 218-C, §1º, do Código Penal”, destacou o delegado.

Em seguida o homem foi autuado em flagrante em conformidade aos crimes previstos nos artigos 147-A e 218-C, §1º, do CP, cumulados com todas as implicações da Lei Maria da Penha. Após a confecção dos autos, o preso foi apresentado para audiência de custódia, no Fórum da Capital.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA