CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

Várzea Grande investirá R$ 13,5 milhões em coleta seletiva e inclusão de catadores

Publicado em

VÁRZEA GRANDE

Após quase sete meses de negociações, a Prefeitura de Várzea Grande formalizou nesta semana, dia 10 de maio, um acordo extrajudicial em favor dos catadores de materiais recicláveis e suas famílias. Eles receberão moradia, cestas básicas e financiamento para estrutura e equipamentos para trabalhar a coleta seletiva na cidade.

O município também já licitou empresa que detém aterro licenciado particular e fará o Plano de Recuperação de Área Degrada do antigo aterro controlado. Com essas ações, Várzea Grande inicia a implantação do aterro sanitário e coleta seletiva de resíduos sólidos em todo o município, avançando nas questões ambientais e na inclusão social dos catadores e de suas famílias.

O projeto prevê investimentos de R$ 13,5 milhões, recursos que também beneficiarão o meio ambiente do município com a implantação da coleta seletiva em toda a cidade, por meio do plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos. Paralelamente ocorre a recuperação da área do aterro público.

“O acordo já foi remetido para a 4ª Promotoria de Justiça Cível de Várzea Grande de Defesa do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística, à promotora Michelle de Miranda Rezende Villela. “Estamos trabalhando em uma gestão compartilhada e avançando nas questões ambientais da cidade e de inclusão social desses catadores e suas famílias”, pontuou o secretário de Serviços Públicos de Várzea Grande, Breno Gomes.

Leia Também:  Obra de pavimentação beneficiará 4 mil moradores do Grande Mappin

A proposta já assinada pelas associações de catadores: Umicativida, Catauni, Asscavag e Asmats, prevê um convênio de R$ 11 milhões – de recursos Estaduais e Municipais via Programa de Aceleração para o Crescimento (PAC), para a construção de 83 unidades habitacionais que serão doadas aos catadores e suas famílias.

A implementação do Projeto Piloto de Coleta Seletiva, com investimento de pelo menos R$ 2,5 milhões da Prefeitura de Várzea Grande, vai financiar a aquisição e doar os equipamentos e materiais para as associações desempenharem as atividades de triagem, armazenamento e comercialização dos materiais recicláveis e reutilizáveis, estimados em R$ 880 mil.

O Projeto Piloto de Coleta Seletiva também prevê a contratação das quatro associações de catadores que receberão repasses mensais inicialmente de R$ 26.667 mil por três meses e após, R$ 25 mil para cada uma, bem como o fornecimento de suporte jurídico, ambiental e de capacitação para a realização dos trabalhos necessários, totalizando pelo menos R$ 1,26 milhões. A contratação será pelo período de um ano, podendo ser prorrogado por até três anos consecutivos.

“Também está previsto nesses valores globais a entrega por 06 meses de 250 cestas básicas aos catadores e suas famílias, doação estimada em R$ 304,5 mil reais”, acrescenta o secretário de Serviços Públicos.

Leia Também:  Projeto "Paz e Segurança na Comunidade Escolar" atenderá 10 escolas no primeiro semestre de 2022

O acordo envolveu além de representantes das Associações de Catadores, do Ministério Público, da Defensoria Pública de Várzea Grande e do Grupo de Atuação Estratégica em Direitos Coletivos (GAEDIC).

PRAD – O aterro controlado de Várzea Grande funciona há 30 anos e desde setembro do ano passado, a pedido do Ministério Público Estadual, foi realizada inspeção no local pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente – SEMA, que embargou a área e aplicou multa ao Município, determinando o encerramento das atividades naquela área.

“Buscamos um Aterro Licenciado, em observância à Política Nacional de Resíduos Sólidos, mediante licitação pública, nesse processo também está incluso o Plano de Recuperação da Área Degradada, o PRAD. Já realizamos a contratação da CGR – Ambiental Tratamento de Resíduos LTDA, empresa vencedora do processo licitatório e que detém Aterro Licenciado para o recebimento dos resíduos sólidos de Várzea Grande”, pontuou Breno Gomes.

As associações também serão acompanhadas de perto por empresa especializada no tratamento e valorização de resíduos e na sustentabilidade e relação entre humanos e meio ambiente, que atua na gestão de resíduos desde 1999.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

VÁRZEA GRANDE

No aniversário de 155 anos de fundação Várzea Grande recebe R$ 150 milhões em obras e ações

Publicados

em

Recursos Municipais, Estaduais e Federais serão aplicados nas áreas de abastecimento de água; asfalto para ruas e avenidas; iluminação pública e UTI para o Hospital Pronto Socorro

 

Mais do que uma solenidade de lançamento e autorização de obras que irão valorizar a cidade de Várzea Grande e a qualidade de vida das pessoas que ali residem ou trabalham, o evento político na segunda maior cidade de Mato Grosso reuniu autoridades que reafirmaram o compromisso de atuarem para solucionar os dois maiores problemas da Administração Kalil Baracat, a questão do abastecimento de água e esgotamento sanitário e o transporte coletivo.

“Me enche de orgulho ver muitos políticos aqui reunidos reafirmando seu voto de confiança em nossa gestão, por isso trazem convênios, emendas e obras que somam R$ 150 milhões em diversas áreas como a infraestrutura em mobilidade urbana com pavimentação de ruas e avenidas, uma nova UTI – Unidade de Tratamento Intensivo com 30 leitos e a criação de mais 20 leitos semi-intensivos; o programa MT Iluminado que vai trocar todas as lâmpadas comuns por lâmpadas em LED que economizam energia, duram mais e iluminam mais garantindo segurança para todos e por fim duas Estação de Tratamento de Água – ETA Oeste ao longo da Rodovia dos Imigrantes na região Oeste de Várzea Grande e a ETA Barra do Pari na região do Chapéu do Sol”, disse o prefeito Kalil Baracat agradecendo o apoio do governador Mauro Mendes, dos senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes, dos deputados federais Emanuel Pinheiro Neto e Neri Geller e dos deputados estaduais liderado pelo presidente José Eduardo Botelho.

“Minha maior satisfação e para não cometer injustiça é dizer que todos os três senadores, os oito deputados federais e os 24 deputados estaduais deixaram sua marca, sua ajuda para nossa gestão e para atender ao povo de Várzea Grande”, frisou o prefeito.
O governador Mauro Mendes fez questão de ressaltar que tem a tranquilidade de que cada centavo do dinheiro publico colocado nas mãos do prefeito Kalil Baracat e sua equipe, vem acompanhado da certeza da correta aplicação em prol da maioria da população.

“Assim como em todos os 141 municípios de Mato Grosso, em Várzea Grande, existe obras e ações de interesse coletivo, ou seja, trabalhamos pela população sem discriminar e na medida do possível atender aos anseios de todos. Este é o papel do Governo de Mato Grosso”, frisou o governador Mauro Mendes.

Conforme o prefeito Kalil, os recursos serão empreendidos em 30 km de asfalto novo, duas ETAs – Região Oeste e Barra do Pari, 6 novos ônibus com ar condicionado, reestruturação do Hospital e Pronto Socorro com construção da UTI com 30 leitos e mais 20 leitos de leitos semi-intensivos com espaço todo readequado e moderno para atender o cidadão. “São R$ 150 milhões que serão injetados nestas obras em processo licitatório. Mais um presente nosso para Várzea Grande. A prioridade hoje lançada na solenidade é a saúde e saneamento básico, pois são áreas extremamente essenciais de prevenção e promoção da saúde dos moradores”, frisou.

Leia Também:  Equipes de fiscalização realizam 4ª edição da operação Sossego Público em Várzea Grande

O prefeito sinalizou que essas obras podem ser consideradas essenciais, pois elas vão em plena crise econômica do Brasil, gerar emprego e renda para todos indistintamente.

“Neste evento lançamos a licitação de duas ETAs, uma com recursos próprios através de financiamento da Caixa Econômica, e a outra é oriunda de recursos do governo do Estado na ordem de R$ 26 milhões, com contrapartida do município. Ainda R$ 80 milhões em obras de pavimentação asfáltica, fruto de convênio com o Estado de Mato Grosso. Hoje fizemos a entrega do projeto MT Iluminado e 6 novos ônibus, e deixamos para anunciar nesta ocasião por ser uns dos maiores compromissos da gestão, com saneamento básico, infraestrutura e melhor qualidade de vida para cidadão várzea-grandense. Com recursos próprios e de emendas investiremos em mais 200 km de asfalto”, sublinhou o prefeito Kalil Baracat.

O governador Mauro Mendes pontuou que os investimentos são um ato alusivo ao aniversário de 155 anos de Várzea Grande. “O Estado de MT está conseguindo ajudar muito as prefeituras, em especial, Várzea Grande com muitas ações e obras que estamos promovendo em parceria, repassando recursos para prefeito Kalil para construção de uma ETA, recuperação de asfalto, e temos ainda outros projetos em andamento como viaduto, perimetrais e inauguração da Ponte do Atalaia que ligará Parque Cuiabá com a região do Cristo Rei, tantas outras obras e ações que estão em desenvolvimento em ação pelo governo. Estou feliz em dar esta contribuição nesta data alusiva e tenho certeza de que Várzea Grande já prospera muito e vai prosperar mais ainda nos próximos anos”.

O senador da República, Jayme Campos, no ato, afiançou emenda para área da saúde de mais cerca de R$ 19 milhões, já empenhados, parceria dele e do deputado federal, Emanuel Pinheiro Neto. “Esses recursos são para melhorar nossa rede pública de saúde, além de mais R$ 7 milhões de uma emenda de minha autoria, que totalizará R$ 26 mi para construção de 30 UTIs para melhorar a área e com isso dobrar a capacidade de atendimento na rede pública de saúde. Tempo atrás trouxe R$ 10 mi para pavimentação asfáltica do bairro São Mateus e alocamos recursos para construção de praças/reformas, construção de miniestádios, entre outros, nosso objetivo é trazer investimentos não só para Várzea Grande, como para todos os municípios mato-grossenses. 114 municípios estão sendo atendidos pelas emendas de minha indicação que vai melhorar qualidade de vida do povo mato-grossense, dessa forma estamos trabalhando em Brasília exitosamente”.

Leia Também:  Maiores cidades do Grande Rio já flexibilizam uso de máscaras

O senador Wellington Fagundes frisou que “Várzea Grande em seu aniversário de 155 anos é fruto de uma grande parceria, pois é a principal cidade do interior, maior em população e merece atenção de todos nós, além das obras de asfalto, escolas, saúde e a importância da conclusão do Campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e bem como o Instituto Federal de Educação Tecnológica – IFMT. “Como relator do orçamento da educação fico muito feliz por junto com todos os congressistas alocar esses recursos para expansão da universidade, pois a população merece, em especial a juventude que terá mais preparação e profissionalização, e sem dúvida a obra precisa ser concluída”, disse o senador da República, Wellington Fagundes.

Wellington Fagundes lembrou que Várzea Grande se tornará um Polo Educacional com o iniio das atividades do Parque Tecnológico, por isso, a região do Chapéu do Sol se tornará referência na formação acadêmica de mão de obra especializada e na gestão de emprego e renda.
O deputado estadual, Paulo Araújo disse que o projeto para uma Várzea Grande se constrói no coletivo, na união de esforços da bancada estadual e federal. Emanuel Pinheiro Neto, deputado federal destacou a história do desenvolvimento de Várzea Grande e anunciou emenda com parceria do senador Jayme de cerca de R$ 19 mi para saúde e mais R$ 1,5 mi para pavimentação do bairro Gonçalo Botelho.

O deputado federal Neri Geller sinalizou que pretende continuar encaminhando emendas para que Várzea Grande através da gestão Kalil Baracat e sua equipe possam realizar as obras que são cobradas pela população. “O Pacto Por Várzea Grande foi entre todos os parlamentares e mais o governador Mauro Mendes, pois a correta aplicação dos recursos públicos engrandece o trabalho do prefeito Kalil Baracat e por conseguinte o nosso pois os resultados vêm para todos, sem discriminação”.

O prefeito Kalil Baracat e governador Mauro Mendes assinaram oficialmente o certame da licitação de R$ 150 milhões nas obras de construção de duas ETAs da Barra do Pari, região Chapéu do Sol, com capacidade de tratar 250 l/s, 21,6 milhões de l/dia; e a ETA da região do 7 de maio com capacidade de 125 l/s, 10,8 milhões l/dia; Pavimentação asfáltica de 9 bairros; e a reestruturação do Hospital e Pronto Socorro e a construção da ala que abrigará 30 leitos de UTIs e 20 leitos semi-intensiva; 6 novos ônibus modernos para integrar a frota intermunicipal da cidade. O projeto MT Iluminado trocará 5 mil lâmpadas em led nas ruas e Avenidas de Várzea Grande, na primeira etapa, atendendo 7 bairros da cidade.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA