CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil representa pela prisão preventiva de autor de homicídio em Campos de Júlio

Publicado em

POLÍCIA

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Campos de Júlio, representou pela prisão preventiva do autor de um homicídio ocorrido na madrugada de segunda-feira (20.06) no município de Campos de Júlio. O suspeito que matou a vítima a facadas em decorrência de ciúmes da sua namorada confessou o crime e ficou aguardando a chegada da Polícia para ser preso.

O homicídio que vitimou, Janderson Jonas Nunes dos Santos, ocorreu em um condomínio de quitinetes em Campos de Júlio, onde estava reunido um grupo de amigos ingerindo bebida alcoólica.

Em determinado momento, o suspeito saiu do local para buscar a carteira de cigarros e quando retornou flagrou a vítima flertando com a sua namorada. Os envolvidos continuaram no local, ingerindo bebida alcoólica, quando em certo momento da madrugada, a vítima novamente se aproximou da jovem, ocasião em que o suspeito matou a vítima com seis golpes de faca.

Após o crime, o suspeito permaneceu no local, aguardando a chegada da Polícia Militar, que realizou a sua condução para a Delegacia de Campos de Júlio. Depois de interrogado, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado, sendo representado pelo delegado Eduardo Ribeiro, pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva

Leia Também:  Polícia Civil desarticula associação criminosa e prende 3 homens e uma mulher

“O suspeito possuía passagem anterior por tráfico de drogas em Campos de Júlio e agora cometeu esse crime cruel em frente a diversas pessoas, inclusive crianças. A Polícia Civil agora trabalha com o prazo de 10 dias para conclusão de inquérito em busca de colheita elementos de informações para condenação do investigado e posterior cumprimento de pena, caso determinado pelo Poder Judiciário”, explicou o delegado.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Homem é preso por porte ilegal de arma em Rio Branco

Publicados

em

A Polícia Militar localizou e prendeu um homem de 38 por porte ilegal de arma de fogo, na tarde desta segunda-feira (04.07), na zona rural do município de Rio Branco. Com o suspeito, a PM apreendeu uma espingarda de calibre .20

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM recebeu denúncias que informavam sobre um homem, que estaria andando livremente com uma espingarda e efetuando disparos de arma de fogo, em uma comunidade rural conhecida como Morada do Vale.

Com as informações repassadas, os policiais militares da unidade se deslocaram para o endereço informado e localizaram o suspeito com a arma em mãos e solicitaram que deixasse o objeto no solo. A ordem foi obedecida pelo homem.

Questionado sobre a procedência da arma, o suspeito afirmou que pertencia a seu tio. Os policiais militares foram até a residência do suposto dono da espingarda, porém não encontraram o homem, sendo informados por vizinhos de que ele estaria em horário de trabalho.

Diante dos fatos, o suspeito flagrado com a espingarda recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma e foi encaminhado para a Delegacia da cidade, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis do caso.

Leia Também:  Ações da Delegacia de Crimes Informáticos recuperam valores subtraídos de vítimas de golpes dentro e fora do estado

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA