CUIABÁ

MUNDO

Apresentadores usam máscara em protesto ao uso de burca para mulheres

Publicado em

MUNDO

source
Apresentador usa máscara em protesto contra volta da obrigação do uso de hijabs para mulheres na TV
Reprodução/YouTube – 23.05.2022

Apresentador usa máscara em protesto contra volta da obrigação do uso de hijabs para mulheres na TV

Jornalistas homens de um canal de TV do Afeganistão passaram a utilizar máscara respiratória em resposta ao retorno da obrigatoriedade de as mulheres usarem burca nas transmissões televisivas no país . Apresentadores do canal local de notícias TOLOnews, de Cabul, que usavam a peça, confirmaram que tratava-se de um ato solidário às apresentadoras, segundo o DailyMail.

A obrigatoriedade havia sido imposta pelo Talibã, grupo que retomou o poder do país no ano passado , com promessas de flexibilizar algumas das regras do grupo extremista. Um funcionário da imprensa local confirmou ao Guardian que a estação na qual trabalhava havia recebido o pedido e foi informado de que a medida não estava em discussão. Ele disse, ainda, que a rede de TV “não teria outra opção”.

Mesmo assim, apresentadoras das principais redes de TV afegãs foram ao ar, no último sábado, sem cobrir seus rostos , desafiando a ordem dos talibãs e se negando a se submeterem à interpretação do grupo sobre o Islã. No entanto, no domingo, as jornalistas apareceram nas transmissões com rostos cobertos por véus ou hijabs, só com os olhos à mostra, em programas dos canais TOLOnews, Ariana Television, Shamshad TV e 1TV, segundo a BBC.

Leia Também:  Rejeição de mulheres a Bolsonaro chega a 61%

A anuência à ordem é a mais recente demonstração do controle rígido que o Talibã impôs às mulheres afegãs em menos de um ano. As medidas restritivas não dizem respeito somente a direitos básicos, como educação e empregos para mulheres, mas a todas as facetas da vida pública, de comportamento a viagens.

Nas últimas semanas, as demandas do regime têm sido cada vez mais radicais. No início deste mês, o Talibã ordenou que todas as mulheres usassem roupas da cabeça aos pés em público, deixando apenas os olhos visíveis.

O decreto ainda dizia que as mulheres deveriam sair de casa apenas quando necessário, e exigia que as mulheres que viajam a mais de 70 quilômetros de suas casas fossem acompanhadas por um parente do sexo masculino.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

Leia Também:  EUA aplicam sanções às filhas de Putin e instituições financeiras
Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Guerra: prefeito de Sloviansk pede que civis fujam após ataque russo

Publicados

em

Prefeito de Sloviansk pede para civis fugirem após ataque russo
Ansa

Prefeito de Sloviansk pede para civis fugirem após ataque russo

O prefeito de Sloviansk, Vadim Lyakh, fez um apelo nesta terça-feira (5) para os moradores fugirem da cidade no sudeste da Ucrânia  após as tropas russas intensificarem os bombardeios na região.

“É importante evacuar o maior número possível de pessoas”, disse Lyakh em entrevista à Reuters, segundo o “The Guardian”.

De acordo com o prefeito, “144 pessoas, incluindo 20 crianças, fugiram hoje” de Sloviansk, um dos principais centros populacionais de Donetsk ainda sob controle da Ucrânia.

Hoje, um bombardeio russo atingiu um mercado local e deixou pelo menos dois mortos e sete feridos. No último domingo, seis civis já haviam sido mortos e 15 ficaram feridos em outro ataque das tropas de Moscou.


Segundo Lyakh, Sloviansk está sob fogo pesado do Exército russo há dias. “Bombardeio maciço da cidade. No centro, no norte. Todos nos abrigos antiaéreos”, escreveu ele no Facebook, acusando a Rússia de usar munições proibidas por tratador internacionais.

Após a queda de Lysychansk no domingo, as forças russas avançaram para oeste e dirigiram-se para esta cidade de cerca de 100 mil habitantes antes da guerra.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA