CUIABÁ

MATO GROSSO

Ações do projeto PlanificaSUS fortalecem a atenção primária à saúde no Sul de MT

Publicado em

MATO GROSSO

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) realiza nesta quarta e quinta-feira (22 e 23.11), em Rondonópolis, eventos que visam o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde na região Sul de Mato Grosso. Atividades ocorrem no Serviço Social e Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat) e devem reunir cerca de 170 profissionais da saúde.

O primeiro Seminário da Atenção Primária à Saúde e a primeira Mostra da Planificação da Região de Saúde Sul Mato-Grossense ocorrem em parceria com o município de Rondonópolis e a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein; eventos marcam o encerramento da Fase 2 do Projeto PlanificaSUS MT na região.

O projeto Planificação da Atenção à Saúde (PlanificaSUS) pretende fortalecer os macroprocessos da Atenção Primária à Saúde (APS) e Atenção Ambulatorial Especializada (AAE) implementando o autocuidado apoiado, cuidados continuados e paliativos, segurança do paciente e os da vigilância em saúde.

O superintendente de Atenção à Saúde da SES, Diógenes Marcondes, explica que o seminário e a mostra visam viabilizar o compartilhamento do conhecimento e dar visibilidade às experiências e boas práticas das equipes de saúde da APS e da AAE que o projeto proporcionou na região.

“Vamos realizar reflexões e debates sobre o cuidado em saúde mental na atenção primária à saúde; estratificação de risco da hipertensão e diabetes; estratificação de risco do idoso; segurança do paciente na APS, entre outros. Para tanto, contaremos com palestrantes e facilitadores de minicursos da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, da SES e dos municípios de Rondonópolis e Primavera do Leste”, acrescenta o gestor.

Leia Também:  Governo paga salários dos servidores com acréscimo da RGA nesta terça-feira (31)

Conforme a coordenadora da Atenção Primária da SES, Regina Paula Amorim, durante os eventos serão entregues aos gestores municipais de saúde da região, placas de reconhecimento pelo trabalho das equipes que compõem as Unidades de Saúde em Planificação, também serão premiadas as melhores experiências apresentadas durante a mostra de saúde, nas modalidades banner e apresentação oral.

“Trata-se de um momento para comemorar as conquistas, aprender com as inovações e fortalecer ainda mais o compromisso com a excelência no atendimento à saúde da população mato-grossense”, afirma Regina.

O PlanificaSUS-MT

A escolha estratégica da Região de Saúde Sul Mato-grossense para iniciar a implementação do projeto foi anunciada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) por meio da Resolução CIB Nº 016 de 04 de abril de 2019. Em julho de 2019, a Fase 1 do projeto PlanificaSUS-MT foi lançada e passou por etapas preparatórias e quatro etapas operacionais, como ciclos de workshops presenciais e virtuais, finalizando em dezembro de 2020.

Em outubro de 2021, após a adesão da SES e dos municípios da Região de Saúde Sul Mato-grossense à Fase 2 do PlanificaSUS MT, o Projeto foi retomado com o apoio da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, incluindo a recuperação das etapas suprimidas devido à pandemia de Covid-19 na Fase 1. Nesta etapa foi utilizado as mesmas estratégias de trabalho da primeira, como ciclos de workshops presenciais e virtuais. Os temas abordados foram integração e comunicação entre a APS e a AAE; monitoramento e avaliação; autocuidado apoiado; cuidados paliativos; segurança do paciente na APS; e macroprocessos da vigilância em saúde.

Leia Também:  Imposto de Renda pode ser destinado a fundos da infância e do idoso

“À medida que a Fase 2 do projeto chega ao seu término na Região de Saúde Sul Mato-grossense, reiteramos sua máxima importância, uma vez que proporcionou momentos específicos de diálogo na construção social da APS, na organização dos seus macroprocessos e microprocessos e na integração com a Atenção Ambulatorial Especializada da região, especialmente no cuidado materno infantil, refletindo na melhor satisfação dos usuários do SUS e na qualidade do cuidado ofertado”, explica Regina.

Fonte: Governo MT – MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Sema-MT apresenta principais sistemas a órgãos parceiros durante workshop

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) realizou o workshop ‘Sistemas Sema’ com objetivo de apresentar os sistemas usados pela pasta e as ferramentas disponíveis para uso dos órgãos parceiros. Participaram do encontro gestores e servidores da Polícia Federal (PF), Ministério Público (MPMT), Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), Grupo de Operação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O encontro aconteceu nos dias 29 e 30.11 com apresentações de vários setores da Sema. Foram apresentados o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora), Plataforma de Monitoramento Satélite Planet, Sistema Integrado de Gestão Ambiental (Siga-MT), Siga Autuação e Responsabilização, portal transparência e Geoportal, Sistema Mato-grossense de Cadastro Ambiental Rural (Simcar), Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (Simlam).

A Secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, destacou o Decreto 129, de 2019, que é um exemplo para outros estados do Brasil e aumenta a transparência ao permitir autonomia aos órgãos de segurança pública para ter acesso a base de dados aos relatórios dos sistemas.

“De 2019 para cá a mudança da forma que os órgãos interagem é bastante expressivo, atendemos todas as solicitações que recebemos da Polícia Civil, Polícia Federal e Ministério Público, o acesso deve ser imediato e irrestrito. A transparência sempre foi uma questão essencial para a Secretária, em todos os sistemas. Nosso objetivo é manter a autonomia da instituição mas permitir que cada sistema tenha clareza e seja aditável, conferido pelos outros órgãos e comprometido com a verdade, lisura e transparência”.

Leia Também:  Em Mato Grosso, 90% dos municípios aderiram à Lei Paulo Gustavo

A delegada Alessandra Saturnino, da Dema, também falou sobre a importância do decreto 129, que permite acesso as informações. “A transparência entre os órgãos é muito importante. Nós enxergamos a secretaria de Meio Ambiente como uma das mais importantes porque todo empreendimento potencialmente poluidor tem que passar por aqui e se ela roda é porque temos de forma massiva servidores sérios e comprometidos. A exceção é que vai ser acionado para que se continue a trabalhar de forma isenta, transparente e tranquila”.

O workshop é importante para que os órgãos conheçam mais sobre as novidades nos sistemas destacou o secretário Executivo da Sema, Alex Marega. “Sistemas mais modernos estão sendo desenvolvidos e foram construídos com objetivo de padronizar procedimentos, sistematizar e permitir acesso aos órgãos de controle, ampliando a forma de auditar e a transparência”.

O delegado da Polícia Federal Bruno de Cassio Leite afirmou a importância do workshop para aprofundar sobre o funcionamento dos sistemas. “Tenho 18 anos de polícia e 5 meses no meio ambiente e tenho me surpreendido coma a complexidade do assunto. A gestão dessa parte administrativa muitas das vezes é a base que nós tempos para iniciar uma investigação e conseguir punir o infrator lá no final”.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso cria força-tarefa para buscas aos suspeitos da chacina em Sinop

O evento mostra as inovações que a Sema está fazendo, disse a superintendente do Ibama em Mato Grosso, Cibele Xavier. “Já temos acesso ao sistema na condição de parceiros mas um evento desse traz alinhamento e mostra inovações que a Sema está trazendo. As perspectivas são muito boas e isso me deixa muito feliz como gestora, louvar a equipe da Sema que tem se esforçado para alcançar parâmetros e patamares cada vez mais elevados na gestão de meio ambiente de Mato Grosso”.

A secretaria adjunta de licenciamento e Recursos Hídricos da Sema, Lilian Ferreira, que conduziu o workshop avaliou como muito positivo o encontro entre os órgãos. “O intuito do workshop é aumentar a transparência de tudo que fazemos e demonstrar que todas as informações geradas dentro da Secretaria estão disponíveis para serem usados pelos órgãos de controle. Nestes dois dias demostramos como que usa cada sistema e as ferramentas disponíveis para obter estas informações com mais facilidade”.

Fonte: Governo MT – MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA